Análises

Que desmanche? Corinthians tem melhor início de ano desde 1947

São cinco jogos oficiais e uma temporada toda pela frente com a necessidade de evoluir. Mas o aproveitamento do Corinthians em campo traz enorme alívio a seus torcedores e um sabor histórico no princípio de 2016.

Com a vitória por 1 a 0 conquistada sobre o Cobresal-CHI na noite de quarta-feira (17), o elenco corintiano abriu bem a Copa Libertadores e manteve o aproveitamento de 100% nos jogos oficiais. É um índice que não ocorre desde 1947 e alivia as preocupações pela baixa de seis titulares do grupo campeão brasileiro em novembro.

No Chile, o aproveitamento perfeito de 2016 se manteve graças a Escalona, que marcou contra as próprias redes depois de jogada construída por Lucca pela ponta direita. O lance com uma pitada de sorte nos acréscimos valeu vitória em um jogo que se encaminhava para empate sem gols. O Corinthians mostrou dificuldades no gramado duro em El Salvador, mas foi premiado por lutar pela vitória até o fim.

Tite, que no domingo havia alertado o Corinthians “contra a soberba” na Libertadores, desta vez falou novamente em “processo de construção”. Em sua entrevista pós-jogo, reconheceu as dificuldades para produzir no Estádio El Cobre na equipe que ainda está em aberto. Ele manteve remanescentes de 2015 entre os titulares, mas viu a equipe melhorar com as entradas de Giovanni Augusto e André no segundo tempo. Acirrar a competitividade entre seus atletas é uma das prioridades do treinador nesse momento. Por enquanto, consegue resultados assim mesmo com oscilações.

Se contabilizados apenas jogos oficiais (Paulista, Libertadores, Brasileiro e Rio São-Paulo), o início com 100% de aproveitamento em cinco jogos é algo que não ocorria desde 1947 com time do Parque São Jorge. Naquele ano, dirigido por Armando Del Debbio, foram vitórias conquistadas contra Jabaquara (8 a 0), Santos (3 a 2), Ypiranga (3 a 2), Portuguesa Santista (1 a 0) e Comercial (5 a 0). O elenco tinha jogadores históricos como Domingos da Guia, Cláudio e Baltazar.

O novo desafio para Tite e seus jogadores está lançado: no próximo domingo, uma vitória fora de casa contra a Ferroviária faria o atual Corinthians superar aquele de 1947, que caiu no sexto jogo do ano para o Palmeiras. Antes do confronto em Araraquara, porém, o elenco corintiano faz duas viagens durante esta quinta-feira e chegará a São Paulo já na madrugada de sexta.

Fonte: UOL

Comments

comments

Previous post

Ascensão de Lucca faz Tite alimentar disputa no ataque do Corinthians

Next post

Corinthians visita sensação do interior para manter 100% no Paulista

The Author

loucodobando

loucodobando

No Comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *