Coletivas

Giovanni Augusto confirma transferência para o Timão e agradece o Galo

Giovanni Augusto concedeu entrevista nesta tarde e confirmou sua ida para o Corinthians, além de se despedir da torcida do Atlético-MG, clube onde começou a carreira e jogou em 2015. Antes do anúncio, o jogador conversou com os dirigentes do Galo para pedir permissão para sair.

Na despedida, o atleta revelou que, apesar de ainda alguns detalhes estarem pendentes, o acordo está sacramentado.

” Praticamente sim. Faltam poucos detalhes para serem acertados, mas é a última entrevista. Agora é esperar o que vai resolver da parte do Corinthians com o Atlético-MG. Só estou esperando esses detalhes, que as coisas possam se resolver o mais rápido possível. Foi tudo rápido. Tinha um comentário quando estávamos na Flórida, mas as coisas aconteceram de ontem para hoje. O que eu posso dizer é que só tenho a agradecer o Atlético-MG, um clube que abriu as portas para mim em 2008, nas categorias de base. Sempre me deu estrutura e eu tenho essa gratidão eterna. A torcida sempre demonstrou muito carinho por mim. Não foi uma decisão fácil, mas o que eu quero passar é que as pessoas que estão mais próximas, sabem quantas pessoas dependem de mim, minha família é grande. Foi uma proposta irrecusável, onde ficou bom para mim e para o Atlético-MG. O presidente queria que eu continuasse, mas pesou muito um problema particular que eu tive em Belo Horizonte, no ano passado. Esse ano está atrapalhando novamente, e isso pesou bastante”, disse o jogador, sem revelar o tal problema.

“Não só eu, como a maioria dos jogadores brasileiros, perdem o foco muito rápido. Isso mexeu bastante comigo ano passado, que me prejudicou bastante. Esse ano as coisas não se resolveram, então estava correndo o risco de acontecer novamente. Estava pesando bastante e fico feliz de resolver da melhor parte. Muito difícil atrapalhar na outra equipe, porque é completamente fora do Atlético-MG.”, completou Giovanni.

O meia ainda revelou o sonho de jogar no Timão que agora está prestes a ser realizado:

“Acredito muito na palavra de Deus. Se eu estou aqui hoje, é porque Ele quis. Naquele dia eu falei que queria jogar no Corinthians, que é um grande clube. Respeito a camisa do Atlético-MG, que é um grande clube, mas o Corinthians é um dos maiores clubes do Brasil. Passa pela cabeça de qualquer jogador defender as cores daquela camisa. Vim do Nordeste e lá a camisa é muito forte. Fico muito feliz de logo mais poder estar defendendo a camisa do Corinthians.”

Comments

comments

Previous post

Corinthians anuncia novo patrocinador para os ombros da camisa

Next post

Com Malcom fora, Tite divulga lista dos 22 inscritos para o Paulistão

The Author

loucodobando

loucodobando

No Comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *