Pré-jogo

Garoto de 18 anos espera justificar confiança de Tite em clássico

Vez ou outra contestado por dar pouca atenção aos garotos promovidos das categorias de base do Corinthians, o técnico Tite apostará em um novato de 18 anos, com apenas uma partida disputada como profissional, como titular no clássico contra o São Paulo. Trata-se do volante Maycon, que substituirá o experiente Elias, ainda reclamando de dores na perna esquerda.

O garoto de 18 anos já participou da vitória sobre o Capivariano na rodada passada do Campeonato Paulista, também em Itaquera, e agradou. Antes da partida, Tite havia feito uma série de elogios à sua promessa e prometido que seria compreensivo com eventuais falhas.

O que mais chama a atenção de Tite em Maycon, no entanto, é justamente a personalidade. O volante “tem nível de concentração muito alto”, frase que começou a sair da boca do treinador em todas as suas entrevistas para definir atletas variados. Com o jovem, o que motivou o comentário foi uma conversa sobre o seu posicionamento em campo.

“Tinha a informação de que o Maycon já havia trabalhado nessa função (primeiro volante). Aí, ele começou a falar que só tinha dificuldade contra jogadores de muita imposição física, pois seria difícil ganhar, mas que possuía bom posicionamento para executar a função. Fiz uma pergunta simples, e ele deu uma resposta complexa. Tem um nível de compreensão muito bom”, aprovou Tite ao escalá-lo diante do Capivariano.

Antes mesmo de começar a trabalhar diariamente com Maycon, o técnico do Corinthians já o enaltecia. Tite utilizou as boas apresentações do volante na última Copa São Paulo para justificar o empréstimo do também prata da casa Marciel ao Cruzeiro, em troca pelo rodado Willians. Segundo o gaúcho, não haveria espaço para ambos no elenco.

Maycon agora tem a chance de honrar a confiança de Tite. O técnico poderia ter apostado em outro volante (como o próprio Willians) ao lado de Bruno Henrique diante do São Paulo ou até recuado Rodriguinho para o posto, mantendo o recém-contratado Guilherme na armação, mas preferiu escolher o novato.

No ano passado, Tite já fugiu aos seus padrões ao escalar um garoto em um clássico. O meia Matheus Pereira jogou diante do Santos quando o Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil em Itaquera. Antes elogiado, ele agora precisa provar que compreendeu a bronca pública do seu comandante por ter batido um pênalti com cavadinha na decisão da Copa São Paulo contra o Flamengo.

Fonte: Gazeta Esportiva

Comments

comments

Previous post

Presidente do Corinthians nega negociação com Tevez

Next post

Corinthians aproveita erro e vence São Paulo pela quarta vez em Itaquera

The Author

loucodobando

loucodobando

No Comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *